Kate Weiss - Design e Poesia

Capa

Meu Diário

Textos

Áudios

E-books

Fotos

Perfil

Livros à Venda

Prêmios

Livro de Visitas

Contato

Links


Textos


Cão - Poema - Para nossa cadela Vilma

Cão- Poema

(Uma homenagem para Vilma, nossa cadelinha que só nos deu alegrias e hoje foi morar no céu)

Sem raça definida,
quase sempre em pobre rima.
Meu cão-poema ganha vida
e ainda assim não desanima.

Em meio a tudo, ele procura
uma mensagem para mandar.
Cata palavras, e às vezes jura
que um dia inda, vai agradar.

Abana o rabo, e espera paciente
meus dedos a lhe acariciar.
Fuça, e procura incansavelmente
u'a fonte para sua sede matar.

Cão vadio - pobre poema,
a espera do mote que alguém dará.
qualquer notícia, pode ser tema
quem sabe, um dia conseguirá?

***********


Inspirado em :
Mário Quintana

Subnutrido de beleza, meu cachorro-poema vai farejando poesia em tudo, pois nunca se sabe quanto tesouro andará desperdiçado por aí...
Quanto filhotinho de estrela atirado no lixo!"
 
Kate Weiss
Enviado por Kate Weiss em 14/05/2015

Música: Somewhere over the rainbow - Israel Kamakawiw

Copyright © 2015. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Site do Escritor criado por Recanto das Letras