Kate Weiss - Design e Poesia

Capa

Meu Diário

Textos

Áudios

E-books

Fotos

Perfil

Livros à Venda

Prêmios

Livro de Visitas

Links


Textos




 
 
 
 
Natal - um tempo tão curto

( se você gosta de ler com fundo musical visite este texto no meu site: www.kateweiss.art.br a musica é Christmas Time com
a cantora Christina Aguilera)
 
Kate Weiss
 
A semana começou " a mil", tanta coisa para fazer, presentes a comprar, a casa para arrumar pois a empregada limpa tudo mas e o toque pessoal  que é somente nosso?  - para complicar - também é tempo de muito mais trabalho nos estúdios, todos sem exceção querem suas fotos para o Natal, ninguém quer esperar na fila, todos têm muita pressa.
Nas lojas, então nem se fala, é um  burburinho só, nunca vi tanto adulto analisando brinquedos, procurando presentes  " com a cara do fulano", perguntando se poderia pagar no cartão, e se podia parcelar.
Então, depois de uma maratona procurando o presente ideal para minha filha, minha nora, meu filho e minha neta, desisti por aquele dia.  Ah ! eu não estava com "espírito de Natal" e não estava mesmo, comecei a ficar tensa, chateada, com todas aquelas filas e prometi a mim mesma que sairia numa outra hora, com calma que requer a compra.
Porém, o tempo foi passando -  você sabe que é  assim - quando não deveria passar rápido então o tempo voa não é?
Veja bem, se for para você pegar um avião e está há quilômetros do aeroporto em meio ao trânsito aí então o tempo corre, mas se você está na sala de espera do seu médico esperando o resultado de exame então parece que Deus lá de cima resolveu fazer o relógio parar por algumas horas.
 
Pois bem, a segunda feira passou, na terça eu tive muito trabalho e alguns eventos, também havia marcado hora na manicure, era só repintar porém tudo demorou demais, ainda tinha que pegar minha filha em outra cidade, algumas fotos para entregar. O sofá  lá da sala da TV que foi  reformado, deveria ficar prontinho uma semana antes chegou apenas as 18 horas da terça e ainda à muito custo, pois estava chovendo e teriam que esperar para entregar. Para complicar a situação, o jardineiro havia terminado de manhã de plantar algumas cravinas, e deixado tudo muito lindo, mas era uma chuva que parecia que São Pedro esqueceu de fechar a torneira, e uma das  minhas cadelas  resolveu ver que gosto tinham aquelas flores tão belas ou então resolveu cheirar o adubo. Resultado, cadela com patinhas sujas entrando como doida na casa recém limpa, marcando com as patinhas tudo inclusive o sofá novo. E eu ainda tinha o meu trabalho aqui no Recanto, muitas pessoas esperavam uma resposta para seus pequenos problemas, afinal é meu trabalho e mesmo sendo Natal é preciso que alguém  dê um suporte.
Acha pouco?
Ah , mas tem mais:  filho, nora e neta chegando 'chester' no forno, clientes ainda chegando para buscar algumas fotos, e eu, adivinhem, ainda sem aqueles presentes. MEUS DEUSSSSS ! socorro, sai rapidamente com minha filha rumo a alguma loja que ainda estivesse aberta e com alguma coisa 'COMPRÁVEL  .
 
Fomos ver brinquedos para a Júlia, boneca que chora,  que fala, que chama, ah nada disso interessa mais a ela, no dia das crianças já havia ganho uma boneca daquelas que tem febre que fica com sono e que o coraçãozinho bate forte. Depois de muito procurar resolvemos comprar um lindo vestido, afinal ela tem 8 anos e é muito vaidosa. Um dos presentes resolvido, ainda faltavam os outros, minha nossa , o tempo voava, o celular chamava, e nós ali de loja em loja procurando nas prateleiras desarrumadas pela multidão. Enfim resolvemos ir à uma loja do Boticário e montamos um kit de perfumes e cremes para o casal. Uffa! só faltava o da minha filha, então ela disse para minha alegria e alívio: O meu você pode me dar em dinheiro mesmo mãe, eu prefiro. Salva na última hora.
 
Corremos pra casa para finalizar o jantar, arrumar lindamente a mesa, colocar música de Natal ( como sempre) meu sobrinho Mike diz que tem saudades dos natais na minha casa porque sempre tem 'aqueles mesmos CD's de música natalina. ( risos) pra mim é tradição mesmo.
 
Jantar gostoso, distribuição de presentes, cumprimentos, alegria, felicidade . Tudo tão bom, mas tão rápido. A vida corre, o tempo corre, o Natal acaba de passar.
Festejamos o aniversário daquele que veio ao mundo para nos salvar e pensamos tão pouco no aniversariante. O sono veio chegando, a Julia queria muito que eu ainda ficasse com ela vendo o presente que ganhou do PAPAI NOEL: um HABITRAIL  é um casinha com parque de diversões, com direito à restaurante e piscina para dois hamsters mini.
Então ainda por alguns minutos fiquei com ela colocando algodão para que eles carregassem para dentro do compartimento privado deles. Primeiro veio um deles pegou o chumacinho de algodão e carregou para dentro do 'quarto' logo depois a gente via que eles estavam abrindo o algodão e fazendo uma espécie de cama, então o outro veio e pegou um chumaço maior e com ele  fechou literalmente a portinha deixando-nos sem poder observá-los e parou o barulhinho no quartinho. Bem,  o remédio foi dormir também.  Cada um de nós foi aos poucos se recolhendo cansados de toda essa maratona que foi a nossa última semana antes do Natal.
 
Ah! nem contei ainda o que aconteceu, quando minha norinha foi com meu filho pegar os hamsters, para levar à casa do Papai Noel essa foi outra grande  aventura que contarei em outra oportunidade.
 
Enfim, são 18:55 do dia 25, e tudo acabou.  Filho, norinha e Julia foram pra casa da outra avó, a filha esta arrumando a mala pra ir pra praia, o maridão e eu , bem nós estamos felizes em poder novamente ficar de bermuda, camiseta e chinelos 'havaianas' .
Tudo está tão quieto novamente, mas como disse: O tempo corre, daqui a pouco será a formatura da minha filha, depois o carnaval e então recomeça o ano , Páscoa, férias de Julho, e... Natal de novo.
É ... daqui a pouco já e Natal de novo.
Não sei o porquê , mas quando eu era criança o Natal demorava tanto p'ra chegar  e p'ra passar.

Kate Weiss
Enviado por Kate Weiss em 25/12/2008
Alterado em 25/12/2008

Música: Christmas Time - Christina Aguile

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.


Site do Escritor criado por Recanto das Letras