Kate Weiss - Design e Poesia

Capa

Meu Diário

Textos

Áudios

E-books

Fotos

Perfil

Livros à Venda

Prêmios

Livro de Visitas

Links


Textos




Filhos, perfumadas flores
Kate Weiss

Era noite de outono que nos veio o primeiro,
apesar de ser maio, a neve caía gelada lá fora.
Tão grande, tão lindo, olhou-me nos olhos faceiro,
e nós, não estaríamos nunca mais sozinhos agora.

Filhos, são bênçãos, são sementes de amor,
bem regadas, nos devolvem perfumados jardins.
Num dia de verão foi que chegou outra linda flor,
bela e tão cheirosa, quanto um grande pé de jasmins.

Hoje, cada um por sua estrada segue com sucesso,
levando consigo todo amor que dos pais recebeu.
Asas lhes demos, e raízes para o seu regresso.

Se eu não os tivesse, não seria tão feliz, confesso,
pois eles são tudo de melhor que me aconteceu,
e, por eles deixo aqui meu grande amor expresso.

***
Mote - Poesia On line 30.06.08 - Filhos





Kate Weiss
Enviado por Kate Weiss em 30/06/2008
Alterado em 01/07/2008

Música: Mamma mia - Abba

Copyright © 2008. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
Áudios Relacionados:


Site do Escritor criado por Recanto das Letras