Kate Weiss - Design e Poesia

Capa

Meu Diário

Textos

Áudios

E-books

Fotos

Perfil

Livros à Venda

Prêmios

Livro de Visitas

Links


Meu Diário
21/01/2006 09h51
Bom dia
Acordei cedo e vim ler vocês amigos, está muto legal a Ciranda iniciada pela Deth, a Língua e também estou adorando a outra Ciranda : Banho de que? já tem muitos
participantes, estou com vontade de fazer um e-book por mes com nossas cirandas que acham?
Bem, vou sair um pouco que hoje é sábado

abraços carinhosos para todos vocês que me leem

Publicado por Kate Weiss em 21/01/2006 às 09h51
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
20/01/2006 14h37
Olá, boa tarde
Indignada com algumas coisas que aconteceram
com minha mana deixo meu protesto em
forma de poetrix:

" Tenho nojo de banheiros públicos e políticos
pelos mesmos motivos"
Kate Weiss

Publicado por Kate Weiss em 20/01/2006 às 14h37
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
17/01/2006 12h03
Boa tarde !
Ontem tivemos temperaturas altíssimas aqui,
e hoje, estamos com um leve inverno, 16° PODE?
Pois é melhor assim, no verão não me sinto muito bem.
Adoro esse friozinho, dá uma vontade de comer fondue e tomar um bom vinho branco
muito bom!
Deixo um poema da Martha Medeiros para vocês curtirem:

Poema n º 107

queixos tremem de emoção
olhares embaçam de tão tristes
sorrisos iluminam um ambiente
vincos surgem com o sofrimento
peles acetinam ao serem tocadas
e olheiras revelam um impasse.

Através da face
é possível ler todos os sentimentos

Iletrada eu que não percebi
que mantinhas o mesmo rosto
fosse qual fosse o desenlace.

Tenham um lindo dia, beijuuuuuuus ( com u mesmo)rs

Publicado por Kate Weiss em 17/01/2006 às 12h03
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
16/01/2006 08h49
Olá amigos
Dormi literalmente com os anjinhos, acordei feliz da vida.
Só vim para deixar para vocês um poema do poetinha;
***
O poeta começa o dia

Pela janela atiro meus sapatos, meu ouro, minha alma
ao meio da rua.
Como Harum-al-Raschid, eu saio incógnito, feliz de desperdício...
Me espera o ônibus, o horário, a morte - que importa?
Eu sei me teleportar: estou agora em
um Mercado Estelar ... E olha !
Acabo de trocar
- em meio aos ruídos da rua
alheio aos risos da rua -
todas as jubas do Sol

por uma trança da Lua !

Mário Quintana
****
Beijuuuuuuuuuuuuuuuuuuus

Publicado por Kate Weiss em 16/01/2006 às 08h49
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.
 
14/01/2006 23h42
Bom dia !
É quase "amanhã" e estou aqui ainda testando as cores das fontes do meu site espero que vocês gostem, pois foi feito para vocês amigos.
Hoje não foi um dia muito legal para mim, porque ? não sei dizer...
Mas... li coisas interessantes esta citação eu achei demais:

" Ninguém pode fazer você se sentir inferior
sem o seu consentimento"

Eleanor Roosevelt

Publicado por Kate Weiss em 14/01/2006 às 23h42
Copyright © 2006. Todos os direitos reservados.
Você não pode copiar, exibir, distribuir, executar, criar obras derivadas nem fazer uso comercial desta obra sem a devida permissão do autor.



Página 5 de 5 1 2 3 4 5 [«anterior]


Site do Escritor criado por Recanto das Letras